2
FOTOBOL . ( O Futebol em Fotografia )

 

48ª Edição
1962
SPORT CLUB DO RECIFE
BICAMPEÃO
Campeonato Pernambucano de Futebol
1962
Times
6
Duração
13/05 a 09/12
Jogos
62
Gols
193
Média
3,11
SPORT
19º TITULO
Sport Club do Recife - Fundado em 13 de maio de 1905
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL PG J V E D GP GC SG
1
Sport
35
22
16
3
3
45
18
27
2
Náutico
30
20
13
4
3
49
20
29
3
Santa Cruz
29
22
12
5
5
48
19
29
4
Central
18
20
7
4
9
21
30
-9
5
Ferroviário
10
20
4
2
14
20
42
-22
6
Íbis
2
20
0
2
18
10
64
-54
Tecnico Campeão
Palmeira
OS MELHORES
MELHOR ATAQUE
NAUTICO
49 GOLS
MELHOR DEFESA
SPORT
18 GOLS
 
Artilheiro
Campinense (Santa Cruz)  --- 19 Gols
 
Sport 2x1 Sporting (1952)

Em 1952, o Sporting de Portugal estava em território brasileiro para a disputa da Taça Rio. Aproveitando a ocasião, acertou-se um amistoso contra o Sport na Ilha do Retiro. Duelo de Leões. O Sporting não era um adversário qualquer. Tinha, de longe, o melhor esquadrão lusitano à época. Há pouco, havia conquistado o bicampeonato português. Seria tetra.  Dentre seus titulares, pelo menos nove deles passaram pela Seleção Portuguesa. Seu ataque era poderosíssimo. Uma linha de mil gols, conhecida como Cinco Violinos: Jesus Correia, Vasques, Albano, Peyroteo e José Travassos.  É importante observar, porém, que a orquestra de além-mar se apresentou em Recife com uma leve desafinação. Sem dispor de um dos seus "violinos", Fernando Peyroteo. Já o Sport contava com o onipresente Bria, o grande Zé Maria e a força da torcida na Ilha do Retiro. Logo no início da peleja, aos 8 minutos, o alviverde lisboeta abriu o placar por meio de Travassos. Jorge de Castro empatou aos 24 minutos. E Franklin, no ocaso da primeira etapa, promoveu a virada do Leão da Ilha.  No segundo tempo, brilharam as defesas de ambas equipes, inviabilizando qualquer mudança no placar.  Vitória pernambucana por 2 a 1. Para a alegria da torcida rubro-negra, que, pela primeira vez, pôde comemorar um triunfo sobre um tradicional clube europeu. Em 1957, quando o Sport excursionava pela Europa, aconteceria a revanche. Os portugueses devolveriam o mesmo placar no José Alvalade. E a "negra"? Ainda está em aberto...  
Dados da partida:
SPORT 2X1 SPORTING

SPORT: Peter; Mourão e Diogo; Bria, Ze Maria e Miguel; Jorge de Castro, Franklin, Herculano, Zildo (Ananias) e Paulo Isidro.
SPORTING: Carlos Gomes (Tormenta); Carvalho e Pacheco (Veríssimo, depois Caldeira); Barros, Passos e Juca; Jesus Correia, Vasques, Martins, Travassos e Albano.
Gols: Jorge de Castro, Franklin e Travassos.

OS PIORES
PIOR ATAQUE
IBIS
10 GOLS
PIOR DEFESA
IBIS
64 GOLS
MAIOR GOLEADA
Nautico 8 x 0 Ibis
 
 
 
1961 INICIO VOLTAR 1963
TABELA
1962