2
FOTOBOL . ( O Futebol em Fotografia )

 

34ª Edição
1948
SPORT CLUB DO RECIFE
CAMPEÃO
Campeonato Pernambucano de Futebol
1948
Times
5
Duração
16/05 a 16/01/49
Campeão
Sport
Vice-campeão
América
3º Lugar
Nautico
Jogos
31
Gols
134
Media
4,32
SPORT
12º TÍTULO
Sport Club do Recife - Fundado em 13 de maio de 1905
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL PG J V E D GP GC SG
1 Sport 24 16 11 2 3 45 26 19
2 América 13 15 5 3 7 20 24 -4
3 Náutico 14 14 6 2 6 30 32 -2
4 Santa Cruz 8 8 3 2 3 23 14 -9
5 Íbis 7 13 3 1 9 16 30 -24
OS MELHORES
MELHOR ATAQUE
SPORT
45 GOLS
MELHOR DEFESA
SANTA CRUZ
14 GOLS
 
Artilheiro
Carlito (Íbis) --- 12 Gols
OS PIORES
PIOR ATAQUE
IBIS
16 GOLS
PIOR DEFESA
NAUTICO
30 GOLS
 
MAIOR GOLEADA
Santa Cruz 8 X 2 Ibis
A primeira partida
O Jornal Diário de Pernambuco, de 24 de junho de 1905, estampou em suas páginas o feito, que dizia: "Esteve bastante concorrida a festa de inauguração deste club, comparecendo crescido número de senhoritas e cavalheiros. Constou o festival de uma partida de footboll em que tomaram parte sócios do Sport Club e do English Eleven. A partida foi bem jogada de ambas as partes, havendo um empate. Felicitamos a diretoria do Sport Club pela vitória alcançada, pois sendo uma sociedade nova, não se deixou vencer pelo English Eleven". Nesta partida histórica, o Sport formou com: L. F. Lathan; L. Parrot e E. Nosworthy; A. G. Silva, Colander e Ramiro; Guilherme Fonseca, Coimbra, Alberto Amorim, J. Gonçalves e Torquatro Gonçalves.

As primeiras conquistas

O Sport disputaria seu primeiro campeonato pernambucano em 1916. O campeonato foi disputado em dois grupos, com um total de 09 participantes, em jogos de ida e volta dentro do próprio grupo (O Sport participou do Grupo B, com mais 03 clubes). O Sport estreou no dia 21 de maio contra o Náutico, perdendo por 4 a 1; no jogo de volta aplicou uma sonora goleada que entrou para a história; foi 8 a 0. Nos demais jogos venceu o Paulista (5x0 e 5x0) e Casa Forte (5x3 e 10x0), terminando esta fase empatado em número de pontos com seu rival até os dias atuais - o Náutico. Foi então marcado um jogo desempate, para decidir quem iria disputar a final com o Santa Cruz, vencedor do Grupo A - e deu Sport, 3 a 1. A grande final com o Santa Cruz foi realizada em 24 de dezembro, e o Sport sobrou em campo, venceu por 4 a 1, com gols de Mota (2), Asdrúbal e Vasconcelos. A equipe da final: Cavalcanti, Briant e Paulino; Town, Robson e Smerthurst; Asdrúbal, Mota, Anagam, Vasconcelos e Smith.

1941/1942 - O Sport brilha em gramados do Sul

No início dos anos 40 havia uma direrença muito grande do futebol do Sudeste e do Sul para o futebol do Norte/Nordeste. Jamais um time nortista tivera a audácia de empreender uma temporada pelo Sul/Sudeste do Brasil. Em dezembro de 1941, o Sport começou a realizar sua temporada pelo Sul/Sudeste do país, que para muitos, jornalistas e até torcedores era uma excursão suicida.

O Sport jogou em Minas GeraisRio de JaneiroSão PauloParanáSanta Catarina e Rio Grande do Sul. Disputou dezessete partidas, vencendo onze: 5x1 América-MG, 4x2Atlético-MG, 1x0 Britânia-PR, 4x0 Coritiba, 3x1 Coritiba, 5x0 Savóia-PR, 5x3 Joinville-SC, 3x2 Força e Luz-RS, 3x0 Grêmio, 5x4 Vasco e 3x1 Flamengo, empatando dois (0x0Palestra Itália-MG e 2x2 Internacional) e perdendo apenas quatro jogos (1x3 Flamengo, 3x4 Santos, 5x8 Juventus-SP e 1x2 Coritiba).

O time do Sport impressionou a imprensa e os clubes do Sul. Alguns de seus jogadores foram contratados para jogar em outros clubes. Zago, Djalma Bezerra e Ademir ficaram no Vasco. Magri no América-RJ. Pirombá no Flamengo, e Pinhegas no Fluminense. Esta temporada ficou marcada na história do futebol pernambucano e nordestino.

O plantel era o seguinte: Navamuel, Bibi, Ciscador, Walfredo, Magri, Salvador, Furlan, Mulatinho, Ademir, Manoelzinho, Pirombá, Djalma Bezerra, Clóvis, Zago e Pinhegas.

 

1947 INICIO VOLTAR 1949
TABELA
1948