2
FOTOBOL . ( O Futebol em Fotografia )

 

17ª Edição
1931
SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE
CAMPEÃO
Campeonato Pernambucano de Futebol
1931
Times
11
Duração
10/05 a 20/12
Jogos
53
Gols
314
Media
5,92
SANTA CRUZ
1º TÍTULO
Santa Cruz Futebol Clube - Fundado em 03 de fevereiro de 1914
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL PG J V E D GP GC SG
1 Santa Cruz 17 10 8 1 1 41 9 32
2 Náutico 16 10 8 0 2 41 12 29
3 Flamengo 13 10 6 1 3 29 25 4
4 Torre 12 10 6 0 4 34 20 14
5 América 11 10 5 1 4 38 26 12
6 Sport 10 10 5 0 5 33 19 14
7 Íris 10 10 4 2 4 27 32 -5
8 Fluminense 10 10 4 2 4 15 23 -8
9 Encruzilhada 9 10 4 1 5 33 35 -2
10 AA Arruda 2 10 1 0 9 12 45 -33
11 Israelita 0 10 0 0 10 11 68 -57
OS MELHORES
MELHOR ATAQUE
NAUTICO SANTA CRUZ
41 GOLS
MELHOR DEFESA
SANTA CRUZ
9 GOLS
 
Dada, Sherlock e Fernando, Zezé Fernandes, Julinho Fernandes e Doía, Walfrido, Aloysio, Tará, Lauro e Estevam.
 

OS PIORES
PIOR ATAQUE
ISRAELITA
11 GOLS
PIOR DEFESA
ISRAELITA
68 GOLS
 
MAIOR GOLEADA
Torre 12 X 0 Iris
Náutico 12 x 0 Israelita

Foram mais de 15 anos de espera para que o Santa Cruz, o time representante do povão pernambucano, conquistasse seu primeiro título estadual, por sete vezes ficamos com o vice-campeonato, que deixaram aquele gostinho e o grito preso de É CAMPEÃO. Diante de diversas dificuldades enfrentadas, tais como, ser um clube humilde e sem muitas condições financeiras, ao contrário dos rivais, onde muitos contavam na época com a nobreza e o dinheiro dos ingleses, pois futebol era tido como esporte de ricos, o Santa Cruz contava apenas com seus próprios recursos. Outro obstáculo encontrado era o fato de que o time coral era formado por gente da terra, jogadores amadores, que por muitas vezes tinham que se defrontar com equipes que possuíam em seus elencos jogadores profissionais oriundos de outras praças, em muitas ocasiões quando se aproximava do final do campeonato, algumas equipes contratavam praticamente um time inteiro formado por profissionais vindos de outros estados onde o futebol já era profissional, o Sport Club do Recife era um desses clubes que usavam tal artifício, o que acabava se tornando uma enorme vantagem frente aos demais participantes, pelo fato de o futebol em Pernambuco na época ainda ser amador. Mesmo diante dessas adversidades, o time coral nunca desistiu de sua luta em conquistar o almejado título estadual.
Com uma garra e persistência típica do povo pernambucano, a massa coral comemorava assim no ano de 1931 seu primeiro título, que por pouco não foi conquistado de forma invicta, perdendo a última partida para o Náutico pelo placar de 1 a 0, mas que não chegou a ofuscar o brilho e a alegria esfuziante do povão que finalmente via seu maior representante levantar a taça de campeão.

 

1930 INICIO VOLTAR 1932
TABELA
1931